10 de janeiro de 2005

São Jorge Guerreiro

Eu andarei vestido e armado com vossas armas para que meus inimigos tendo pés na me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem e nem mesmo pensamentos eles possam ter para me fazerem mal.

Ganhei uma vez uma imagem pra por na camiseta
Encontrei um menino com a medalhinha no peito
Ganhei um patuá

Armas de fogo, meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebram sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentam, sem o meu corpo amarrar.

Descobri quem fomos a faísca
Desta vez que o velho nojento nos ofendeu, chorei e fiquei tão triste bêbada que agora estou com ódio.
To achando até que ele fede como um inimigo.
*
Teria que ficar quinze dias sem fumar...à partir de agora....só de pensar nisso fiquei nervosa já e fumei três pigors. Vai ser difícil!