3 de agosto de 2005

Chega de não saber

É isso, esta manhã, ou ontem à noite, resolvi que tenho que tentar parar de achar que esta merda toda não está acontecendo. Eu nunca estive tão alienada politicamente, eu nunca fugi tanto do Jornal Nacional, nunca despistei as conversas de família com um lamentável abanar de cabeça: da esquerda para a direita.
Que merda está acontecendo?
Fique com medo de me sentir uma malufista. Porque se o Lula sobreviver eu vou votar nele na próxima eleição, se ainda houver reeleição. Mas, com que argumentos? Aquele mesmo do clássico eleitor do Maluf?

. De que ponto é justificável entrar no jogo político tão de cabeça, e ainda racha-la?
. Filosoficamente, como pensaremos isso no futuro? Governo Lula e a publicidade...
. Até onde a campanha contrária da mídia podia causar esta cobertura tão espetaculosa, à ponto de, que nem em jogo de futebol, as pessoas estarem vendo, no bar, o companheiro dirceu depor na televisão?

Prometi a leitura diária do caderno Brasil, mesmo que a Folha fale contra. Alguém me proponha matérias, reportagens, orações ou sei lá o quê, que possa me ajudar a entender, ou não acreditar, no que está acontecendo.
Pelamor!