27 de maio de 2009

Salve, Xangô!


Salve, Xangô, meu Rei Senhor
Salve, meu Orixá
Tem sete cores sua cor
Sete dias para gente amar

Mas amar é sofrer
Mas amar é morrer de dor
Xangô meu Senhor, saravá!
Me faça sofrer
Ah, me faça morrer
Ah, me faça morrer de amar
Xangô, meu Senhor, saravá
Xangô Agodô

Vem chegando a madrugado, ô,
O sereno vem caindo,
Cai, cai, sereno devagar,
Meu amor está dormindo.

Deixa dormir em paz,
Que uma noite não é nada,
Não acorde meu amor,
Sereno, da madrugada !....

20 de maio de 2009

Lista de coisas elegantes

*inspirado no filme do Peter Greenaway, nas garrafas de vinho e nas companhias de sábado a noite

Flor de angélica


Pés descalços




Chuva de flores de ipê roxo



Textura de tecido de algodão



Chocolate derretido



*para o Jims, que me inspirou a lista.

Lista de coisas irritantes

...que são também deselegantes.


Gente que abaixa demais o banco do ônibus... ou que não levanta pra você sair da janelinha.


Fila de restaurante por quilo...

11 de maio de 2009

Papo de Boteco

Já era bem tarde, a gente sabe.
O samba já tinha acabado, pois juraram acabar as 11h pra ter pouco mais ter sempre.
Naquele canto em que se espera pela fila do banheiro, dois bambas conversavam sobre uma inscrição na porta do masculino que dizia:

"Demônios, leiam à Bíblia"

Porra, cara. Tá errado! Não tem crase ler a Bíblia. Senão você vai estar lendo para a Bíblia. Não, tem sim, olha lá, leia ao livro. Não, mano, e leia o livro....

Não sei se chegaram a uma conclusão, estava nesse pé quando saí rindo da portinha do feminino. Não consegui opinar, nunca aprendi crase direito.

8 de maio de 2009

Papo de salão


Hoje pedi:
_ Antonia, me pinta as unhas com uma cor de poder
Ela responde sem pestanejar:
_ 40 graus*. Esse papo de branquinho é pras virgens...

* um esmalte que grita de tão vermelho.

6 de maio de 2009