27 de janeiro de 2008

ao vivo, de madri


Madri e uma cidade repleta de turistas, parece que metade da comunidade europeia esta aqui.

Esperamos o domingo ansiosas para ir ao mercado do Rastro, e chegamos la vimos uma mistura de 25 de março, santa efigenia, benedito calixto e um toque de bom retiro...mais um milhao de pessoas.

O madrilenho nunca fica em casa, tem sempre gente na rua, a qualquer hora do dia e da noite, e nos finais de semana a cidade esta lotada, com gente falando todas as linguas, inclusive aquelas de veu ou turbante. Nas ruas tem mariachis tocando ai ai ai ai, tem velhinhos chineses com instrumentos estranhos, ciganas com realejo, instrumentos indianos, homens tirando sons de cristais.

Tem também muitas estátuas, daquelas mortas ou das vivas. Ontem eu e a Bia paramos e nao conseguimos decidir se aquela estatua de um aluno era viva ou de metal.

Novas fotos

de Madri

22 de janeiro de 2008

Foto que eu gostei

Zona pra fumadores


Apesar da Comunidade Europeia ter aprovado a lei que proibe fumar em lugarem fechados, na Espanha, bares e restaurantes podem optar se serao " para fumador" ou "para no fumador."

Adivinha que a maioria optou por ser ZONA PARA FUMADORES, para minha felicidade.

Tem uns debates engraçadissimos sobre fumo por aqui, você ve velhinhos fumando seu cigarro sem culpa e turistas brasileiros penando pra achar um lugar pra comer...

Menos a gente!

Madri



Gente, gente
Essa Madri 'e uma coisa linda. Chegamos aqui num domingo de sol, as quatro da tarde, quando todo mundo volta a sair na rua.
Esta calor, cerca de 13 graus, e a cidade é Babel, como eu gosto.
(Admito que tava com saudade de um barulhinho de ambulância e buzinas)
Aqui tem fotos de Portugal e da Espanha

18 de janeiro de 2008

To comecando

a ficar com saudades de casa
Apesar dessa Espanha ser um desbunde.

Ja passei por Salamanca e agora estou em Avila, tentando chegar em Madrid.

Salamanca e o maximo, versao espanhola de Coimbra. Universitaria e babel.
Fomos num bar cheio de estudantes, nos ofereceram o vinho da casa que se chamava Orgasmus. Foi o maior porre, devia se chamar chapinha.

Agora por aqui estou num cyber cafe de um arabe, com sites mirabolantes no historico do computador, pensando que vou dormir logo logo num hotel quetinho, porque o lugar e frio.

Um pouco antes fomos comer bocadillos (que parece em dimunitivo mas e um puta sanduiche) num bar aqui do lado) Tomamos tres cervejas, ficamos amigas do dono que nos pediu moedas brasileiras para sua colecao, mas antes tivemos que provar que nao eramos italianas. Ta engracado.
Estou com saudades.

14 de janeiro de 2008

Hoje é meu último dia

de Coimbra

Amanhã pegamos o trem para Salamanca.

Para dizer adeus, a cidade trouxe chuva e sol para se enfeitar...

Nesta semana que andei sumida...

rodamos quase 1000 km por Portugal. De carro, com a Bia dirigindo.

Chegamos a Aveiro


Porto


Guimarães



E até Vigo, na Espanha, ou melhor, na Galícia.

E mais um monte de cidadezinhas, povoadinhos e castelinhos. Ate igrejinhas e Santuários eu fui, para levar meu pé...mas isso depois eu conto que eu tenho vergonha.

Mais Coimbra

Tem o Rio Mondego, que corta a cidade, e que e bonito de dia e de noite

Tem doces fantasticos, de gemas ou de claras...sou mais esses.

Tem grande parte das muralhas da cidadela medieval incorporadas as casas da cidade


Coimbra, FFLCH

Coimbra é uma cidade muito linda, muito antiga, e universitária.
Você encontra ruínas romanas, igrejas do século X, rastos da ocupação muçulmana e um toque de FFLCH.
A população daqui mesmo é bem, mas beeem idosa, mas tem uma moçada de todo lado estudando aqui.
Aqui vai um especial pixações:







Fora as que ainda eu não fotografei. Por exemplo. Privatizem o Reitor ou Esta universidade não é o santuário de Fátima, hehehe

4 de janeiro de 2008

Coisas que so vendo...



Por toda a cidade, mas principalmente aqui em Montmartre tem essas flechas amarelas pintadas no chao

Sao as indicacoes para os peregrinos do Caminho de Santiago, que passa por toda a Europa, e nao so la na Espanha.

Pode?

Jornada pela historia da humanidade

Paris tem disso, minha gente. Pra ser a capital cultural do mundo ela tem que concentrar todos os tipos de museu. Ha dois dias que faco isso, visito museus.

Comecei no Louvre e fui ver a Dona Giocconda. Ela e infima perto dos outros quadros, mas nada como um best seller para faze-la a atracao principal. Dona Mona fica cercada de gente tirando fotos que nem vespinhas...olhem so:




Mas fiquei emocionada mesmo, e quase chorei, quando visitei a parte de antiguidades orientais...nao sei se por conhecer coisas tao preciosas ou por ver o que foi roubado pelo Napoleao ou por outros poderosos...toda a historia de um pais esta ali...
Olhem esses sarcofagos sorridentes!


Tem tambem um museu so de artes orientais, com budas e outros deuses dourados e cheios de bracos, uma lindeza


E tem por fim o museu d Orsay, com os Impressionistas, que eu babei


Hoje foi meu ultimo dia em Paris. Dava pra ficar mais tempo!

1 de janeiro de 2008

Bonne Annee

Feliz Ano Novo, gentes!

Ano novo da Carochinha

Pela estrada a fora eu vou bem sozinha

Levar esses doces para a vovozinha

Ela mora longe e o caminho e deserto



E o lobo mal passeia aqui por perto