20 de junho de 2006

Às vezes...

Noites de luxúria com meu computador...Uma das minhas diversões preferidas, beber uma cerveja e escrever neste blog. Só faço isso às vezes.
Eu esperei meses pra fazer isso. E nem sei porque estou fazendo hoje. Acho que consegui, depois de quase cinco meses de escola, desligar o cérebro.
Brinde a isso, então!
*
Desci no barzinho da esquina (aquele que o dono me estende um LM quando me vê). Cheguei com a garrafinha, que é dele emprestada, e ele me vendeu uma brejinha quase cremosa de gelada. Só pra clientes preferenciais. Também vai ser a única, porque amanhã tem 5ªB.
Este bar tem uma peculiaridade, me vende cigarro fiado. De manhã saio pra escola em transe, correndo, às vezes pego um maço e pago na volta. Eu gosto das relações de interior que se criam, saudades da caderneta da mercearia e da conta na locadora.
*
Tenho saudades, às vezes, de morar no Butantã. Mas acho que eu não conseguiria trabalhar o tanto que eu trabalho hoje, como eu não conseguia naquela época.
Cada dia, uma desculpa: preguiça,vou plantar, pintar vaso, brincar com a cachorra, fumar o dia inteiro, vagar e inventar de mudar o mundo.

Pelo menos agora dá a impressão, bem de vez em quando às vezes, de estar mudando o mundo...