10 de novembro de 2005

Sobre amores pulgões

O que dizer de uma conversinha rápida, de um cartão telefônico para um celular, de uma moça para um moço, que se vêem há sete meses, que não se vêem nem falam há quatro dias porque começaram a fugir um do outro, a moça porque quer se salvar correndo par as montanhas, o moço porque tem compromissos com o bar e os amigos e a conversa rápida segundos antes de acabar o cartão é: _ Fui viajar pro sítio do amigo, aprendi a tratar de pulgão, lembrei de você!
OS: Tá, minha planta tem pulgão, mas haja!

Veja acima que é um pulgão
Um bicho verdinho que destrói as plantas “comendo sua seiva”. Alguma analogia?